Erros mais comuns de SEO no seu site

Erros mais comuns de SEO no seu site

No processo de auditoria realizado na Consultoria de otimização de sites são identificados vários erros comuns, esses erros impedem que o seu site seja classificado nas primeiras posição do Google.

Vamos lista abaixo os erros mais comuns segundo Serpstat  e entenda o quão importante é a auditoria do site e verificar seus sites com certa regularidade.

 

Erro nas Meta tags

Título muito longo , com mais de 65 caracteres. Os mecanismos de pesquisa podem eliminá-lo adicionando reticências, e isso pode acabar não exibindo algumas palavras-chave cruciais.

título duplicado . Tenha sempre tags de título exclusivas para todas as páginas do seu website. Caso contrário, você está tornando mais difícil para os mecanismos de pesquisa descobrir qual página é relevante para a palavra-chave desejada.

Descrição muito longa , mais de 140 caracteres. Se sua descrição for muito longa, o Google truncará isso, adicionando reticências. Embora o Google não considere a descrição de metatags como um fator de classificação desde 2009, uma meta descrição efetivamente escrita pode fazer mais pessoas visitar seu site, enquanto o CTR definitivamente influenciará seus rankings.

Sem Descrição . O Google mostrará a parte do texto da sua página, onde as palavras-chave pesquisadas são usadas. Parece muito pouco atraente:

Descrição duplicada . A tag de descrição deve ser exclusiva para cada página de seu site, assim como a tag Title. As tags de descrição duplicadas criam problemas e desvalorizam seu conteúdo no Google.

Descrição muito curta , menos de 70 caracteres. Não desperdice sua chance de contar mais sobre seu bem ou serviço. Escreva descrições significativas e cativantes, que atrairão clientes em potencial para o seu site.

Título muito curto . Não escreva títulos com menos de 10 caracteres. O título deve ser relevante para o conteúdo descrito na página e incluir as principais palavras-chave.

Falta de título . É um erro crucial, pois o título é um dos principais fatores de classificação. Ele fornece as principais informações sobre o conteúdo da página para os mecanismos de pesquisa e usuários. Se o título estiver faltando, suas páginas provavelmente tenderão a ter classificações baixas, se houver alguma.

 

Erros na Indexação

Tag iframe . Esta tag está desatualizada. As informações que ele contém não são indexadas pelos mecanismos de pesquisa. Além disso, afeta negativamente a velocidade de carregamento da página, que é um dos fatores cruciais do ranking.

Conteúdo de texto insuficiente . Os mecanismos de pesquisa verificam a relevância do conteúdo. Páginas vazias ou quase vazias têm chances muito baixas de obter posições mais altas e, o mais importante, até mesmo a existência de tais páginas pode afetar negativamente as classificações do site inteiro.

Elementos flash encontrados . Os elementos flash estão desatualizados, portanto, a maioria dos navegadores não suporta flash.

 

Erro na Heading 

Falta H1 . A tag H1 – afeta altamente as classificações de SEO. Ele fornece informações adicionais sobre a relevância do conteúdo da página. E como é muito mais provável que o Google não mostre a página que não é 100% precisa, essas páginas não obterão classificações altas.

Código de status HTTP

Código de status 4xx HTTP . Isso significa que existem links que levam às URLs que retornam o código de status 4xx. Se o seu site tiver muitas páginas inexistentes, isso afetará negativamente seu orçamento de rastreamento. Como a SE irá desperdiçá-lo, indexando páginas inexistentes, em vez de verificar as necessárias.

Código de status 5xx HTTP . Isso significa que o usuário fez a solicitação válida, mas o servidor não conseguiu concluir a solicitação. E um site mal mantido não é algo que o Google vai classificar altamente.

2018-08-16T01:07:09+00:00

About the Author:

Co-Fundador da Agência Spartan Digital, focada em otimizações de sites. Desenvolvedor Web e Especialista em SEO.